O shampoo errado pode acabar com seu cabelo

Beleza
Maysa Ferreira
07/10/2016 as 10:10
Reprodução

Existe um grande mito de que o shampoo não tem importância para os cuidados do cabelo, que apenas o condicionador e a máscara é que dariam resultado – porém, isso não é verdade.

A principal função do shampoo é justamente preparar os cabelos para receber os ativos do condicionador e máscara. Usar um shampoo ruim arruína seu tratamento, pois adiciona aos cabelos componentes que ressecam e danificam.

Você sabe como identificar um shampoo ruim? Uma regra bem simples é identificar a presença de três componentes: Sal, Parabenos e Petrolatos. Se contiver qualquer um desses três e seu cabelo está danificado, não serve para você.

O sal é usado para “engrossar” o shampoo. Por ser muito barato, quanto mais sal tiver na fórmula, menos ativos são necessários para preencher o espaço da embalagem. O fabricante diminui o preço de produção, porém o resultado prático é ressecar seus cabelos.

Parabenos são conservantes usados em shampoos e condicionadores que também baixam o custo de produção. Porém, eles aumentam o potencial de alergia no produto podendo causar coceiras, caspa entre outros problemas capilares.

Por fim, Petrolatos são derivados de petróleo, como óleo mineral e parafina líquida. Esses produtos mascaram o ressecamento dos cabelos, por serem altamente oleosos e engordurantes. Ao usá-los há a sensação momentânea de que o cabelo está sedoso e macio, porém está apenas engordurado. Após algumas lavagens o cabelo fica pesado e oleoso.

Se você está procurando um bom produto para os seus cabelos fuja desses três componentes. Uma dica de ouro é buscar um produto próprio para o seu tipo de cabelo, pois ele terá os ativos ideais para que realmente lhe ajude.

Capriche na escolha do shampoo que garanto a você um resultado diferenciado. Não importa se seus cabelos são secos, danificados, oleosos ou mistos, qualquer estratégia que funciona começa pelo shampoo. Com informações da assessoria.

Share Button

Notícias Relacionadas